1923.

1923.

Melhor do que voar.

A BMW começou como fabricante de aeronaves. Mas, assim que construíram o seu primeiro motociclo, os nossos engenheiros criaram um verdadeiro marco: a R 32. Não era uma bicicleta com motor, como era normal na altura, mas um conceito completamente novo de motociclo. Com uma fantástica conceção para o quadro e um motor que era parte integrante do design.

+ Ler mais

Ver e ser visto.

A BMW começou como fabricante de aeronaves. Mas, assim que construíram o seu primeiro motociclo, os nossos engenheiros criaram um verdadeiro marco: a R 32. Não era uma bicicleta com motor, como era normal na altura, mas um conceito completamente novo de motociclo. Com uma fantástica conceção para o quadro e um motor que era parte integrante do design.

+ Ler mais

1924.

1924.

Travar.

Mais fácil que nunca.

No início da produção da R39, a BMW usou pela primeira vez um travão de pé externo para travar a roda traseira em vez do habitual travão de calço, permitindo uma travagem ainda mais segura e fácil.

+ Ler mais

1935.

1935.

Maior estabilidade e conforto de condução.

A BMW também é pioneira em tecnologia de suspensão: com o modelo de viagem R 12 e o modelo desportivo R 17, foi usada a primeira forquilha telescópica com amortecimento hidráulico. Esta veio substituir as habituais forquilhas com suspensão de lâminas, contribuindo significativamente para o aumento da estabilidade e do conforto de condução.

+ Ler mais

1936.

1936.

Construção leve inteligente.

Com o modelo desportivo R5 (500cc), a BMW mostra, pela primeira vez, um quadro tubular oval de desenho cónico. É uma construção inteligentemente leve. O novo processo de soldagem introduzido simultaneamente para a produção do quadro também é uma técnica de fabrico altamente inovadora que haveria de ditar tendências durante anos. A vantagem da construção leve? Elevada flexibilidade com baixo peso.

+ Ler mais

1955.

1955.

Elevada estabilidade de condução. Mais conforto.

A inovadora ciclística de braço oscilante é usada pela BMW pela primeira vez na produção de série dos modelos R 50 e R 69. Assegura elevada estabilidade de condução com conforto. A excelente resistência à deformação é muito apreciada por condutores de sidecars.

+ Ler mais

1960.

1960.

Sem dúvida, a superbike alemã mais rápida.

O primeiro amortecedor de direção hidráulico na produção de série garante uma segurança de condução maximizada. É montado pela primeira vez na R 69 S – a superbike alemã mais rápida da altura. O amortecedor de direção até pode ser desligado a velocidades mais baixas para uma melhoria da maneabilidade.

+ Ler mais

1961.

1961.

Totalmente à medida: acessórios e equipamento opcional.  

Para quem quer personalizar a sua moto BMW, os acessórios e o equipamento opcional da BMW Motorrad possibilitam isso mesmo desde o início. Nos anos 50, foram adicionadas à série barras de proteção e suportes de malas – primeiro nos concessionários e, a partir de 1961, nas fábricas. Atualmente, é possível usar uma ampla gama de acessórios e equipamentos opcionais para criar motociclos BMW personalizados.

+ Ler mais

1973.

1973.

Ícone do design com tecnologia de referência.  

A R 90 S é equipada de série com o primeiro travão de disco duplo na roda dianteira. Simultaneamente, introduzimos o farol H4 na série /6. Continuamos, assim, a assegurar o aumento da segurança rodoviária.

+ Ler mais

1976.

1976.

A primeira carenagem completa montada de série.

A R100 RS é o trampolim para uma série de modelos que beneficiam de novas descobertas sobre o canal de vento, na área da aerodinâmica.
Isto resulta na primeira carenagem completa otimizada do ponto de vista aerodinâmico para motociclos produzidos em série. Os benefícios da baixa resistência do ar e da baixa pressão são particularmente sentidos por motociclistas de longa distância.

+ Ler mais

1978.

1978.

A primeira coleção para motociclistas.

Um bom visual da cabeça à moto e a condução em segurança são importantes para nós desde a década de 70. Foi assim que a BMW Motorrad lançou uma nova era com o capacete de viseira completa em 1976. Em 1978, o primeiro equipamento completo para motociclistas chegou ao mercado como complemento. Atualmente, os nossos designers e engenheiros continuam focados na proteção, segurança, funcionalidade e inovação, a par de um estilo informal.

+ Ler mais

1979.

1979.

Mais conforto: punhos aquecidos.

Inicialmente motivo de chacota, os punhos aquecidos são, hoje, uma função indispensável. Afinal de contas, melhoram o prazer e a segurança da condução, porque, como está provado, um condutor com mãos quentes reage mais depressa.

+ Ler mais

1980.

1980.

A vibração perfeita.

A R 80 G/S é a primeiro moto Enduro de viagem bicilíndrica e, logo, a fundadora de um novo segmento. A partir desse momento, a G/S passa a representar aventuras ilimitadas. Está equipada com o primeiro monobraço oscilante traseiro para grandes motociclos. Destaca-se com 50% mais rigidez de torção em comparação com os convencionais braços duplos oscilantes com a mesma redução de peso. Capaz de substituir a roda traseira mais rapidamente, também se revela uma grande vantagem.

+ Ler mais

1981.

1981.

Dois capacetes num só.

O primeiro capacete modular do mundo reúne duas propriedades: a secção de queixo fácil de remover permite a sua utilização como um capacete jet ou integral. O capacete garante assim um elevado conforto de uso e operação.

+ Ler mais

1986.

1986.

Fatos têxteis impermeáveis para motociclismo.

O primeiro fato têxtil em Gore-Tex do mundo da BMW irá certamente causar algum alarido e revolucionar o motociclismo.

+ Ler mais

1987.

1987.

Paralever. A fase seguinte da evolução da tecnologia de suspensão.

Essencialmente, o braço duplo oscilante concebido pela BMW Motorrad – designado Paralever – elimina a incómoda transmissão de forças motoras para a suspensão, sendo demonstrado com os modelos R 80 GS e R 100 GS em 1987.

+ Ler mais

1988.

1988.

O primeiro ABS do mundo para motociclos.

A BMW é a primeira fabricante do mundo a introduzir, em 1988, um ABS para motociclos, definindo, assim, um novo padrão na produção de motociclos. Desde 2013, todos os motociclos da BMW são equipados de série com ABS.

+ Ler mais

Primeira eletrónica digital de motores.

A BMW K1 é um marco na construção de motociclos graças à sua aerodinâmica. Também demonstra, pela primeira vez, a eletrónica digital de motores. A unidade de controlo Motronic combina a eletrónica de injeção e ignição, assegurando a eficiência energética e o cumprimentos dos requisitos de utilização de um conversor catalítico regulado.

+ Ler mais

1990.

1990.

Tecnologia ambiental revolucionária para motociclos.

O conversor catalítico de três vias regulado pode inicialmente ser encomendado para modelos K com a eletrónica digital do motor como equipamento especial. A BMW disponibiliza o primeiro conversor catalítico regulado do mundo para motociclos. No caso dos modelos construídos desde 2000, toda a série da BMW Motorrad é equipada de fábrica com um conversor catalítico regulado.

+ Ler mais

1993.

1993.

Menor distância de travagem.

A BMW R 1100 RS é o primeiro motociclo da produção em série com suspensão dianteira Telelever combinada com um braço oscilante da roda traseira Paralever. Aqui, a Telelever atua como um sistema anti-mergulho mecânico, proporcionando a máxima aderência mesmo em caso de travagem completa. Em combinação com o ABS, as distâncias de travagem voltam a ser reduzidas significativamente.

+ Ler mais

1998.

1998.

O primeiro farol duplo com tecnologia elipsóide do mundo.

O primeiro farol duplo com tecnologia elipsóide do mundo na produção em série assegura uma melhor iluminação na estrada.

+ Ler mais

2004.

2004.

O primeiro quadro regulado eletronicamente.

O Ajuste Eletrónico da Suspensão (ESA) é uma inovação eletrónica para motociclos BMW produzidos em série. Foi visto pela primeira vez na K 1200 S, encontrando-se hoje disponível na maioria da série de motociclos de dois, quatro e seis cilindros. O ESA permite o ajuste eletrónico da configuração da suspensão com um botão, em função da situação de condução e da carga. Ideal para diferentes estados do piso, o ESA oferece ao motociclista características perfeitas de amortecimento, desempenho otimizado e o mais alto nível de segurança de condução.

+ Ler mais

2005.

2005.

Ligação perfeita.

A tecnologia CAN bus, combinada com o Single Wire System (SWS) da BMW Motorrad, é um conceito de ligação de dados que requer apenas uma única linha de dados. Uma vantagem em comparação com a ligação ponto-a-ponto é um maior âmbito da funcionalidade com muito menos cabos. Outras vantagens do tráfego de dados digitais são a redução do peso, a elevada segurança contra interferências, a capacidade de diagnóstico completa e mais informações para o condutor.

+ Ler mais

2010.

2010.

Farol adaptativo.

A BMW é o primeiro fabricante de motociclos a oferecer um farol adaptativo instalado de fábrica especialmente para motociclos, ou seja, o farol que aumenta a segurança das motos durante o crepúsculo e a noite, ao iluminar a estrada e as curvas.

+ Ler mais

2014.

2014.

A primeira Maxi-Scooter elétrica.

Com a BMW C evolution, podes viver hoje a mobilidade urbana de amanhã sem teres de abdicar de nada. Esta Maxi-Scooter elétrica reúne sustentabilidade, dinâmica e agilidade. O motor potente e totalmente elétrico garante deslocações rápidas e permite-te deixar para trás os fumos de escape e o ruído. Prestações de condução de nível superior, consciência ambiental e tecnologia inovadora – a C evolution foi pensada para um prazer de condução sem cedências.

+ Ler mais

Segurança 360°.

A segurança requer ação. E não palavras.

Saber mais

Tecnologia em pormenor.

Tudo o que está por detrás das motos BMW.

Saber mais
Mais histórias que poderão interessar-te.