Espetacular.

A R nineT Scrambler e um Sonho Concretizado - Uma Dupla Perfeita.

A apaixonada motociclista Laura Antoine vai na sua Scrambler da cidade natal, Toulouse, para Lion. Vai visitar uma pessoa que fez do seu estilo uma missão de vida e que, como Laura, adora o vintage e motos: Sébastien Chirpaz. Um verdadeiro espírito livre, que conhece bem o seu ofício e que tem também um pequeno presente para dar à sua visitante. 

FASCÍNIO DESDE A INFÂNCIA

A Laura Antoine, de Toulouse, nasceu com uma paixão. Quase não passou do mundo vintage e da personalização, pois o pai é membro do Toulouse Southsiders MC, que organiza, entre outros eventos, o festival Wheels and Waves. "O meu pai é a razão pela qual tenho um fascínio por motos desde pequena", explica a Laura. "Adoro o motociclismo. Dá-me uma sensação única de liberdade. A vida é preciosa e tem de ser aproveitada ao máximo. Quando estou sentada na moto, os pensamentos tornam-se mais claros e encontro soluções para os problemas."

+ Ler mais

Nos seus dias de folga, esta rapariga de 28 anos sobe para a moto e deixa Toulouse, para ir desfrutar da beleza do sul de França. Quando tem mais tempo, vai para destinos ainda mais longínquos. Até já atravessou a Namíbia e depois Cuba. "Para mim, é importante sentir-me livre e ir para onde e quando quero", explica, acrescentando: "É claro que tenho alguns receios. Mas preciso desta sensação de me sentir mais viva e de poder gozar a vida mais intensamente."

+ Ler mais
«
A vida é preciosa e tem de ser aproveitada ao máximo. Quando estou sentada na moto, os pensamentos tornam-se mais claros e encontro soluções para os problemas.
»

Laura Antoine

Fascínio pela viagem de moto.

Fascínio pela viagem de moto.

A Laura tem tido muitas experiências positivas durante as suas viagens: "As pessoas aproximam-se muito mais de ti e tu delas quando viajas de moto. Porque as pessoas ficam surpreendidas e curiosas. A moto também te permite descobrir locais inusitados, no meio do nada, aos quais nunca poderias chegar de carro." A Laura tem experiências assim em todas as viagens que faz – mesmo que sejam de duração relativamente curta, como quando vai a Lion. Em Lion, encontra-se com Sébastien Chirpaz, com quem partilha a sua paixão por tudo o que é vintage e o gosto pelo estilo de vida alternativo. Está entusiasmada com o presente que Sébastien fez especialmente para ela: um lenço de seda como amuleto da sorte para as futuras viagens. 

+ Ler mais

À medida que se aproxima de Lion, as estradas ficam mais sinuosas. A região Rhône-Alpes, cuja capital é Lion, tem algumas rotas fantásticas. Ao chegar a Lion, a Laura sobe, com a sua Scrambler, as ruas estreitas até ao monte La Croix-Rousse, que tem uma vista espetacular sobre a cidade. Entre os primeiros a estabelecer-se naquele distrito da classe operária estavam os tecelões, que desenrolaram as suas faixas pelas tortuosas vielas. Assim, era evidente que o Sébastien procuraria tecer os seus lenços de seda precisamente naquela região. Afinal, este espírito livre extraordinário adora o que é autêntico. 

+ Ler mais

COMO SE SAÍDO DE UM FILME A PRETO E BRANCO

O mundo do Sébastien Chirpaz está escondido por detrás de uma discreta porta castanha de madeira. Quem lá entrar, ficará impressionado com os símbolos do passado. Os temas que predominam são a moda, a música, o motociclismo e a arquitetura dos anos 30 aos anos 60 do século XX. As estantes antigas têm discos de rock and roll e um rádio de tubo, junto aos quais se vê um contrabaixo. Um sofá de couro gasto é o coração da sala. Ao observá-lo, verificamos que este homem de 45 anos personifica o estilo de vida daquele tempo:

Bigode, lenço de seda e suspensórios por cima de uma camisa às riscas - Sébastien poderia ter saído de um filme a preto e branco. "O passado não tem fim. É uma fonte infinita de inspiração e criação, que traz um pouco de elegância aos dias de hoje", afirma, enquanto ajeita os óculos com armação preta.

+ Ler mais

Seguir o instinto em vez de um plano comercial.

"A busca contínua de estilo é o meu modo de vida. É o que me motiva todos os dias e o que me faz andar para a frente. Não há nada pior do que a rotina, a ordem e a monotonia". É por este motivo que o Sébastien deixou o emprego, em que era diretor de marketing, e fundou a sua marca de moda em 2012, "A Piece Of Chic". Estampa de forma tradicional lenços de seda no seu ateliê. Ficou conhecido rapidamente graças aos seus desenhos invulgares e à elevada qualidade dos seus artigos feitos à mão. Os seus lenços são vendidos em 50 lojas selecionadas por todo o mundo. Em Espanha, Itália, Alemanha, Inglaterra e Estados Unidos.

Contudo, os artigos do Sébastien também brilham em Lion e Paris, em lojas de estilo de vida, como as lojas temporárias da Deus Ex Machina, ou no famoso centro comercial de Paris Le Bon Marché. "Queria fugir às regras, aos processos e aos riscos controlados. Não criei um plano comercial nem fiz análises SWOT; pelo contrário, confiei no meu instinto. Os lenços de seda foram uma prova", conta. Depois, entra apressadamente no ateliê, onde ocorre o processo da idealização à produção dos seus famosos artigos.

+ Ler mais
«
O passado é uma fonte infinita de inspiração e criação, que traz um pouco de elegância para o mundo atual.
»

Sébastien Chirpaz

Um lenço de seda com a história da BMW Motorrad.

Um lenço de seda com a história da BMW Motorrad.

A Laura segue-o ansiosamente. No ateliê, o Sébastien agarra num monte de lenços de seda acabados de estampar e que vinham da máquina de secar alguns momentos antes. Num gesto experiente, abre-os sobre uma das bancadas espalhadas pelo ateliê iluminado. Com um olhar crítico, inspeciona a estampagem, que ilustra a história da BMW Motorrad. "Não me limito a estampar desenhos bonitos na seda". Narro histórias de heróis", explica Sébastien. Já contou muitas dessas histórias na seda mais fina. "No final do século XIX, os pilotos usavam lenços de seda em que estavam desenhados os trajetos. É esta a parte inspiradora da nossa história. Esses aventureiros e pioneiros que arriscavam a vida para concretizar os seus sonhos são a minha inspiração original."

+ Ler mais

Explica-nos com entusiasmo as fases de produção, desde o primeiro projeto ao lenço acabado. Impressionada pelas criações do Sébastien, bem como pelo seu estilo vintage, a Laura pergunta-lhe: "O que o fascina mais naquele tempo?" O Sébastien reflete um pouco e dá uma resposta cautelosa: "Penso que esta admiração pelo passado tem algo de reconfortante. Naquele tempo, ainda existiam verdadeiros heróis – não totós que se tornavam milionários dois anos depois de terem montado uma empresa. No entanto, além desta nostalgia, tenho um grande fascínio pelo art déco e pelo estilo daquela época. Naquela altura, a liberdade era mais do que apenas quebrar as regras. Era um reconhecimento muito mais subtil".

+ Ler mais

Na estrada.

Kerouac, um dos grandes pensadores não convencionais da literatura mundial, foi outra influência para o Sébastien. A propósito de Kerouac, e recordando o título de um dos seus romances, partiram estrada fora. Porque é obvio que a Laura não foi para Lion só para conhecer o trabalho do Sébastien e receber o seu amuleto da sorte. Assim, os dois arrancaram nas respetivas R nineT e R nineT Scramblers para os arredores de Lion. O Sébastien reconhece cada uma das estradas sinuosas à medida que serpenteiam em direção às montanhas. "Esta moto excede verdadeiramente as minhas expectativas", diz a Laura euforicamente, quando fazem uma pequena pausa.

"A R nineT Scrambler é fácil de conduzir e é cómoda e confortável. Mas também é potente e responde rapidamente – podemos utilizá-la para todo-o-terreno. Além disso, tem boa aparência e o som é simplesmente perfeito. Adoro esta moto. A R nineT Scrambler alia o desempenho à estética", afirma a Laura entusiasticamente. O Sébastien acrescenta: "Quando conduzimos esta moto, é tudo muito fácil – seja qual fora a situação. Podes usá-la para tirar partido de todos os tipos de superfície que Lion oferece, sejam estradas asfaltadas, campos ou trilhos de florestas. Tens tudo o que precisas para fazer uma viagem segura e fácil.".

+ Ler mais

Ele acena com a cabeça em silêncio.

Ele acena com a cabeça em silêncio.

Começa a chover. Aguaceiros rápidos, o que é normal na região alpina, que rodeia Lion. "Como é que entraste no mundo do motociclismo?", pergunta a Laura. "Das Vespas vintage e da subcultura Mod. "No motociclismo vintage, encontrei a minha nova família, com as mesmas regras de comunidade e o estilo de vida que eu vivia com os meus amigos do snowboard: uma busca contínua pelo entusiamo e estilo." 

+ Ler mais

Sabes, o Sébastien foi um dos primeiros especialistas em snowboard em França. Em meados da década de 80, havia um punhado de fanáticos do snowboard que construíam as próprias pranchas. O motociclismo foi para ele uma espécie de revelação e renascimento, tal como fora o snowboard naquela altura. "É uma vida guiada pela criatividade e individualidade", refere. Deste modo, o motociclismo é outra forma de mostrar que o teu estilo está o mais longe possível da tendência dominante. "Para eu conduzir uma moto, tem de ter classe. Não somos um bando de rebeldes – somos nobres", declara – olha para a R nineT Scrambler e acena afirmativamente.    

+ Ler mais
Mais histórias que poderão interessar-te.
Motociclos aptos.