As melhores coisas vêm em embalagens pequenas.

Tracker G 310 R personalizada pela Wedge Motorcycles.

Personalizada no Japão: Takashi Nihira converteu a G 310 R numa Tracker.

A gama BMW Motorrad Heritage atraiu a atenção de muitos dos fabricantes de motos mais respeitados do mundo, que criaram algumas incríveis máquinas personalizadas baseadas na plataforma extremamente popular R nineT. No entanto, a chegada da nova G 310 R inspirou um personalizador japonês a criar uma "Tracker" única muito especial, utilizando a nova roadster 313 cc desportiva e leve como base.

+ Ler mais

Entrada da Wedge no mundo da personalização.

A BMW Motorrad Japão sentiu que um projeto de moto G 310 R deveria ser confiado a um fabricante especializado em máquinas da mesma categoria. A Wedge Motorcycles, liderada por Takashi Nihira, era exatamente a empresa certa para este desafio, visto que normalmente se especializa na personalização de motos japonesas com cilindradas entre 250 e 400 cc. Takashi Nihira fundou a Wedge Motorcycles em 2009, após anos de trabalho em chapa metálica, como mecânico de um concessionário e como pintor automóvel. Estes anos formativos equiparam-no com as competências e contactos necessários para "se lançar a solo", tendo inicialmente começado por fazer apenas pinturas especiais, mas foram surgindo tantos projetos de personalização que acabou por concentrar-se na criação de motos personalizadas. Aos 35 anos é um dos poucos construtores que personaliza com placas de aço e metal e faz inclusivamente também todo o trabalho de pintura na sua fábrica. É o orgulhoso detentor de um prestigioso prémio "Hot Rod Custom Show" e recebeu o "Best of Domestic" (o prémio japonês de personalização de motos mais cobiçado) em muitas competições de personalização no Japão.

+ Ler mais

UMA CABEÇA CHEIA DE IDEIAS

Tudo está bem, quando acaba bem: Takashi concretizou as suas ideias.

Quando Nihira viu pela primeira vez a G 310 R ao vivo e a cores no Tokyo Motorcycle Show, em março de 2016, soube que gostaria de fazer algo muito especial com ela. Ficou acordado que iria construir uma G 310 R personalizada para o festival anual BMW Motorrad Days Japan, no final de agosto. Com a cabeça cheia de ideias, tudo aquilo de que precisava era que a máquina de base chegasse à sua garagem – o que aconteceu dois meses depois. Foi uma longa espera, mas a sua chegada deu-lhe cerca de oito semanas para preparar uma moto visionária, que até àquele momento existia apenas como um conceito na sua cabeça.

 

+ Ler mais
«
Pessoalmente, adoro o estilo tracker pela liberdade que oferece aos condutores.
»

Takashi Nihira

"Já tinha fotos e documentos da G 310 R, mas não podia fazer nada até que a própria moto chegasse – e quando chegou, foi uma luta contra o tempo. Houve muitos desafios, mas o mais interessante foi o equilíbrio da moto. A G 310 R tem uma disposição do motor com escape traseiro, o que comparado com uma disposição do motor padrão com escape dianteiro dispõe o motor mais para a frente da moto – isto, por sua vez, altera todo o equilíbrio do design. Tive de reajustar toda a minha linha de raciocínio para introduzir o meu estilo próprio de personalização na moto."

+ Ler mais

Detalhes de "Tracker".

O estilo "Tracker" é um estilo de personalização tradicional americano, que imita o aspeto de motos utilizadas para corridas dirt track. Este estilo é conhecido pelo uso de rodas grandes e uma roda dianteira larga, bem como um design de carroçaria horizontal que permite que os condutores se movimentem facilmente para a frente e para trás durante corridas. Takashi estava entusiasmado em recriar este tipo de aspeto com a moto G 310 R personalizada pela Wedge Motorcycles. Peças do motociclo, tais como o recém-desenvolvido motor monocilíndrico com refrigeração líquida e o quadro em aço tubular rígido na dianteira, a forquilha invertida rebatida e a unidade de suspensão traseira, são todas de série. No entanto, outras peças, como as rodas dianteira e traseira de 19 polegadas, o depósito, o quadro traseiro, o braço oscilante extensivo, o silenciador, a suspensão de tipo four-link, as peseiras direita e esquerda e a chapa da matrícula, são todas produzidas originalmente.

+ Ler mais

Antes, depois: com a sua Tracker, Takashi criou uma moto única – o original na dianteira demonstra-o claramente.

A G 310 R padrão tem um design intensamente expressivo que revela o seu caráter ágil e dinâmico, mas a disposição do motor distintiva e o quadro em aço tubular de elevada resistência estão ambos semi ocultos atrás de painéis de carenagem. O mais importante para Takashi era dar mais destaque a estas características e ao design único da moto para acentuar a leveza e a essência pura da roadster sub-500 cc da BMW Motorrad.

+ Ler mais

Um desafio bem-vindo.

"Pessoalmente, adoro o estilo tracker pela liberdade que oferece aos condutores", afirma. "Imaginei uma moto personalizada leve que poderia ser conduzida livremente na cidade – uma moto que poderia ser utilizada no dia a dia, mas também para passeios mais longos.    Foi por esse motivo que também pensei no estilo de vida e moda de motociclista ao criar esta moto personalizada. Para mim, uma moto é uma extensão de um casaco ou sapatilhas. Mesmo que a moto em si tenha um aspeto fantástico, se não "servir" ao seu proprietário, é irrelevante. É isso que sinto e foi por esse motivo que esta moto G 310 R personalizada foi um desafio bem-vindo. O mundo da BMW Motorrad era novo para mim, portanto não tinha ideia do proprietário "típico", quando a BMW Motorrad Japão me pediu para criar esta moto. Acabei por selecionar as peças com base nos meus próprios gostos."

+ Ler mais

Pronta para entrar em palco: Takashi apresentou a sua Tracker durante o BMW Motorrad Days 2016 no Japão.

O estilo próprio.

A viagem de Nihira-san ao novo mundo G 310 R da BMW Motorrad foi, sem dúvida, uma viagem de sucesso, apesar do prazo apertado para deixar a moto pronta para o evento anual BMW Motorrad Days Japan, realizado a 27-28 de agosto, em Nagano. Aí, a moto foi revelada e foi um enorme sucesso junto de todos os visitantes – sobretudo porque se espera que G 310 R produzida em série seja muito procurada, por poder ser conduzida com carta de condução de motociclos médios padrão no Japão. E, apesar de ter um aspeto visivelmente distinto do original no qual foi baseada, conferiu a Takashi Nihira um interessante vislumbre do novo mundo do motociclismo – que, por sua vez, deu aos fãs de personalização uma obra de arte sobre duas rodas de facto única para apreciarem. "Tinha a perfeita consciência de que teria de ser totalmente uma moto BMW", conclui Takashi. "Com mais tempo e liberdade para trabalhar no estilo, talvez tivesse alterado mais coisas, como o quadro, mas nesse caso já não seria uma verdadeira moto BMW. O meu objetivo foi tentar ao máximo desenvolver o estilo da G 310 R e mostrar as possibilidades deste modelo exigente. Não tive outra G 310 R para a comparar, por isso espero que o público goste – mas sei que consegui produzir uma moto no meu estilo próprio."

+ Ler mais
Mais histórias que poderão interessar-te.
Motociclos aptos.